Educação para o Desenvolvimento Sustentável

Programa Internacional de Aperfeiçoamento Profissional (PIAP)

31 May - 28 November 2017

Inscrição

“Integrar, na educação formal e na aprendizagem ao longo da vida, os conhecimentos, valores e habilidades necessárias para um modo de vida sustentável.”
Princípio 14 – Carta da Terra

Período

31 de maio – 28 de novembro 2017

Local

Virtual

Descrição do Programa

Enfrentar os desafios globais atuais requer novas formas de pensar e agir. A educação tem um potencial de contribuir de maneira significativa com processos de conscientização e transformação social, bem como fomentar as mudanças de paradigma necessárias para uma vida sustentável. Para isto é preciso fortalecer o papel da educação, e, por sua vez dos docentes, para a construção de comunidades mais fortes, saudáveis, justas, sustentáveis e pacíficas.

Este programa busca ampliar a compreensão dos docentes sobre os temas relacionados ao desenvolvimento sustentável e fortalecer suas capacidades para incorporar, de maneira transversal, os valores e princípios da sustentabilidade na sua prática educativa e em seus programas de ensino. O programa oferece um espaço para que os participantes obtenham conhecimentos e desenvolvam um sentido de cidadania planetária juntamente com habilidades, atitudes e valores para a sustentabilidade.

O programa tem duração de seis meses e é oferecido no formato à distância. Compõem-se de cinco cursos e seis seminários. Cada curso está composto de cinco sessões. A carga horária mínima do programa completo é de 140 horas.

A Carta da Terra será utilizada como fundamento orientador da visão de sustentabilidade, bem como será utilizada como instrumento para o diálogo sobre princípios e valores, reflexão crítica e orientação de ações responsáveis.

Encontre aqui o folheto deste programa

Objetivos

Fortalecer os conhecimentos, as capacidades e habilidades dos educadores para implementar a Educação para o Desenvolvimento Sustentável em seus programas de ensino e suas áreas de atuação, oferecendo um espaço de diálogo e atualização profissional sobre processos pedagógicos que respondam às novas orientações e necessidades de educação para a sustentabilidade.

Especificamente, o programa busca:

  • Oferecer instrumentos metodológicos e pedagógicos que possam ser utilizados em atividades de educação para a sustentabilidade de maneira integral e transversal, bem como incorporar os valores e princípios da sustentabilidade em processos e programas de educação;
  • Aprofundar o conhecimento dos estudantes e participantes do programa sobre a sustentabilidade e cidadania global tendo como base a Carta da Terra;
  • Fortalecer as capacidades dos educadores para implementar programas e ações de educação para a sustentabilidade fundamentado em valores;
  • Fortalecer habilidades, atitudes, valores e processos de construção de conhecimento dentro da prática educativa, necessários para construir um futuro sustentável;
  • Identificar ferramentas metodológicas que podem ser usadas na educação;
  • Estimular o compartilhamento de experiências e práticas no âmbito da educação entre os países lusófonos (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe).
Programa Internacional de Aperfeiçamento Profissional (PIAP)
Diplomado Virtual de Educacion
Inscrição
Período

31 de maio a 28 de novembro, 2017
(5 cursos e 6 seminários com um total de 140 horas)

Programa

Virtual – Online

Instituição

Centro Carta da Terra de Educação para o Desenvolvimento Sustentável
Universidade para a Paz
San José 10701
Costa Rica

Contato

Telefone: +506 2205-9060
Email: [email protected] dot org

Custo do Programa

Perfil dos Participantes

Este programa está dirigido a profissionais ou acadêmicos da área de educação, tanto de nível pré-escolar, escolar, ensino médio ou superior e educação não formal. Profissionais que buscam aperfeiçoamento de sua carreira e que tenha interesse por promover e praticar a sustentabilidade no seu entorno.

Inscrição

Cursos

Curso 1 – A situação global: Compreendendo a insustentabilidade e a sustentabilidade do planeta
De 31 de maio a 27 de junho

Objetivo: Entender e refletir sobre o conceito de sustentabilidade, as causas da insustentabilidade das sociedades atuais, os grandes desafios e dilemas globais para abordá-los.
Facilitadoras: Rose Marie Inojosa e Sandra Inês Baraglio Granja

Curso 2 – Valores e princípios éticos da sustentabilidade: A Carta da Terra
De 28 de junho a 1 de agosto

Objetivo: Conhecer, refletir, analisar e dialogar em profundidade sobre os valores e princípios da sustentabilidade emoldurados na Carta da Terra. Explorar o papel desta como uma nova ética de cidadania global que oferece uma abordagem integral sobre a educação para a sustentabilidade.
Facilitadora: Cristina Moreno

Curso 3 – A Educação para o Desenvolvimento Sustentável e os novos paradigmas da educação
De 2 de agosto a 29 de agosto

Objetivo: Compreender e analisar os novos paradigmas de educação. Proporcionar um espaço para dialogar sobre as iniciativas globais que promovem a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, a Cidadania Global, Mudanças Climáticas e Consumo Responsável, especialmente no contexto da nova Agenda de Desenvolvimento de 2030. Identificar semelhanças e sinergias, desafios, oportunidades e valores fundamentais que mobilizam esses esforços.
Facilitadoras: Daniela Carvalho e Mirian Vilela

Curso 4 – Pedagogias para a educação transformadora e a educação para o desenvolvimento sustentável
De 30 de agosto a 3 de outubro

Objetivo: Conhecer, refletir e dialogar, a partir da teoria e da prática, sobre os novos paradigmas educativos e as pedagogias e metodologias que devem ser considerados no contexto da EDS e que podem promover a transformação do indivíduo e, em consequência, de sua comunidade.
Facilitadoras: Daniela Carvalho e Rose Marie Inojosa

Curso 5 – Habilidades para realizar a educação para o desenvolvimento sustentável
De 4 de outubro a 7 de novembro

Objetivo: Identificar as habilidades necessárias para abordar a sustentabilidade e transformar a Educação para o Desenvolvimento Sustentável em práticas, refletindo a partir de exemplos de boas práticas.
Facilitadora: Mirian Vilela e Fátima Matos Almeida

Facilitadoras

cristina-morenoCristina Moreno Com 34 anos de experiência empresarial e docência no Instituto Politécnico da Universidade Católica de MG e na Universidade Federal de MG. Atualmente é consultora de empresas com foco em Gestão estratégica para sustentabilidade, incluindo Processos de mudança organizacional, Desenvolvimento de pessoas, Lideranças para sustentabilidade, Criação de redes de sustentabilidade e visão de stakeholders, Comunicação sustentável e Indicadores de sustentabilidade. É formada em Engenharia Química pela UFMG, com pós-graduação em Engenharia Térmica e Engenharia Econômica. Na área de gestão participou, entre outros, do Programa de Gestão Avançada / INSEAD/FDC – Fontainebleu / França, 1991 e do Ethical Pioneers / Schumacher College – Totnes / Inglaterra, 2007, este último relacionado à sustentabilidade.

daniela-carvalhoDaniela Carvalho Mediadora, graduada em administração e pós-graduada em Gestão de Pessoas, especialista em Educação de Adultos e Psicologia Social. Atua desde 1999 em organizações públicas e privadas conduzindo processos de aprendizagem para o desenvolvimento pessoal e coletivo. Desde 2008 é docente em cursos de especialização e de aprimoramento presenciais e à distância.

 

 

Fatima AlmeidaFátima Matos Almeida co-fundadora da ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental, em 1990. De 1992 a 2013, presidente da ASPEA, actualmente secretária-geral. Desde 2000 vice-presidente da Fundação CEI – Caretakers of the Environment International, uma rede de alunos e professores activos na educação ambiental. Co-coordena, desde 1993, as Jornadas Pedagógicas de Educação Ambiental e as Jornadas de Art’Ambiente da ASPEA. Formadora creditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores em Portugal nas áreas de educação e projectos de educação ambiental e Educação Especial, tendo participado em inúmeros cursos de formação de professores e de monitores de educação ambiental, desde 1996.

mirian-vilela-eci-secretariatMirian Vilela Diretora Executiva da Secretaria Internacional da Carta da Terra e do Centro Carta da Terra para a Educação para o Desenvolvimento Sustentável na Universidade para a Paz. Atualmente coordena a Cátedra UNESCO de Educação para o Desenvolvimento Sustentável com a Carta da Terra. Entre 2005 e 2014 foi membro do Grupo de Referência para a Década de Educação da UNESCO para o Desenvolvimento Sustentável (DEDS). Mirian é profesora na Universidade para a Paz e desde 1996, facilitou inúmeras oficinas, cursos e seminários internacionais sobre valores e princípios da sustentabilidade. Mirian é mestre em Administração Pública da Kennedy School of Government da Universidade de Harvard, e está concluindo seu doutorado em Educação e Mediação Pedagógica.

rose-inojosaRose Marie Inojosa PHD pela USP/SP. Organizou e dirigiu, por 8 anos, a Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz (UMAPAZ), em São Paulo, Brasil. Coordenadora de programa de formação de Agentes Socioambientais Urbanos. Especialista em planejamento e gestão. Docente em cursos de especialização e de aprimoramento presenciais e à distância.

 

 

sandra-ines-baraglio-granjaSandra Inês Baraglio Granja PHD em Ciências Ambientais pela USP/SP. Especialista em Planejamento e em Negociação e Mediação de Conflitos. Pesquisadora e consultora em Recursos Hídricos e Meio Ambiente. Coordenadora e docente em programas de aprimoramento presenciais e à distância. Consultora com experiências no Brasil e em Cabo Verde.

 

 

Cronograma do Programa

InscriçõesDe 15 de fevereiro a 22 de maio
Inscrições com pagamento com 10% de desconto Antes de 15 de abril
Seminário inicial31 de maio
Curso 1- A situação global: Compreendendo a insustentabilidade e a sustentabilidade do planetaDe 31 de maio a 27 de junho
Seminário de transição27 de junho
Curso 2 – Valores e princípios éticos da sustentabilidade: A Carta da TerraDe 28 de junho a 1 de agosto
Seminário de transição1 de agosto
Curso 3 – A Educação para o Desenvolvimento Sustentável e os novos paradigmas da educaçãoDe 2 de agosto a 29 de agosto
Seminário de transição29 de agosto
Curso 4 – As pedagogias para a educação transformadora e a EDSDe 30 de agosto a 3 de outubro
Seminário de transição3 de outubro
Curso 5 – Habilidades para realizar a educação para o desenvolvimento sustentávelDe 4 de outubro a 7 de novembro
Envio de relatório do projeto final e Seminário de conclusão do programa28 de novembro
Envio de notas finais7 de dezembro

Investimento

O valor total do programa é de US$1,300 pagos à vista (consulte condições de parcelamento).

Cátedra UNESCO

Este programa foi desenvolvido no âmbito da Cátedra UNESCO de Educação para o Desenvolvimento Sustentável com a Carta da Terra. Esta Cátedra UNESCO desenvolve programas educacionais e atividades de investigação relacionadas com a educação, sustentabilidade e ética usando a Carta da Terra como base.

Parceiros para execução do programa

O programa é um esforço colaborativo entre o Centro Carta da Terra de Educação para o Desenvolvimento Sustentável e a Universidade para a Paz. O programa é coordenado pelo Centro de Educação da Carta da Terra.

Centro Carta da Terra de Educação para o Desenvolvimento Sustentável

O Centro Carta da Terra de Educação para o Desenvolvimento Sustentável, estabelecido pela Carta da Terra Internacional, tem como missão “promover uma transição para estilos de vida mais sustentáveis e uma sociedade global baseada em um marco ético comum, que inclua o respeito e um cuidado para a comunidade de vida, a integridade ecológica, os direitos humanos universais, o respeito à diversidade, justiça econômica, democracia e uma cultura de paz”, com um enfoque especial na educação.

O Centro oferece programas executivos para profissionais, cursos para jovens, oficinas, bem como desenvolve projetos de pesquisa colaborativa.

Universidade para a Paz

A Universidade para a Paz (UPAZ), que foi instituída por um acordo internacional, adotado pela Assembleia Geral das Nações Unidas em sua resolução 35/55 de 05 de dezembro de 1980, a qual estabelece sua missão de “fornecer à humanidade uma instituição internacional de ensino superior para a paz com o objetivo de promover entre todos os seres humanos um espírito de compreensão, tolerância e coexistência pacífica, para estimular a cooperação entre os povos e para ajudar a diminuir os obstáculos e ameaças à paz e progresso do mundo, de acordo com as nobres aspirações proclamadas na Carta das Nações Unidas”.
A UPAZ oferece programas de mestrado em Educação para a Paz, Estudos de Paz Internacional e Mediação de Conflitos para estudantes de todo o mundo. Os estudantes tem a oportunidade de receber uma educação em um ambiente único, com uma combinação de perspectivas multiculturais, teorias e aplicações práticas.